Sexta-feira, 28 de Julho de 2006

Gabinete do Desporto? II - Um equívoco (des)necessário

Em termos genéricos, O Gabinete do Desporto constituiu-se como uma resposta para ultrapassar necessidades em determinadas áreas no âmbito do desenvolvimento desportivo.
Determinadas as coordenadas que motivaram a sua formação, seria necessário que o caminha a percorrer fosse bem definido.
Mas a história diz-nos que nem sempre o o Pelouro do Desporto e o seu Gabinete têm cumprido cabalmente as suas responsabilidades na problemática do desenvolvimento desportivo.
Até hoje não conseguiram e não conseguirão responder aos novos motivos e interesses que o cenário desportivo reclama:
                primeiro por incapacidade de assimilar um conceito de desporto;
                segundo porque os pressupostos locais e humanos não estão à altura deste desafio.
Não há competência técnica nem administrativa que dê suporte às (poucas) ideias e aos (inexistentes) projectos.
Se a Câmara Municipal de Penafiel pretende de facto encarar as suas responsabilidades no âmbito do desenvolvimento desportivo, tem de mergulhar numa reflexão profunda, ainda que haja reconhecidos obstáculos. Obstáculos que resultam da natureza, características e ambições dos agentes políticos e do quadro ideológico em que nos movimentamos.
Esta a questão central, que só poderá ser iludida por aqueles a quem não interessa alterar nada daquilo que foi o passado.
E que não se diga que isto é sectarismo ou pura politiquice.
Percebe-se agora a espécie de doença infantil de que o Gabinete do Desporto parece enfermar: - em matéria de política desportiva, pensa pouco e discute ainda menos.
Sugerimos a necessidade e a urgência em reanimar o discurso desportivo no seu sentido pedagógico e social para domínios que tenham a ver com os seus aspectos organizacionais.
É necessário definir uma política desportiva, digna desse nome e que responda às aspirações que de há alguns anos se vêm a manifestar nas práticas desportivas.
É que cuidar do desporto passa por garantir estabilidade, com menos imagem, mais obra e mais acção!
Os exemplos de más práticas abundam, ainda que elas possam passar despercebidas ao comum dos cidadãos.
Deixamos clara a mais completa rejeição às atitudes políticas que se vão tornando típicas, face à promoção da prática desportiva no concelho: - O desporto é olhado como uma mãe de todas as batalhas: Uma vez que pouco ou nada existe, vai de criar quadros de actividades paralelas!
A isto corresponde aquilo que é conhecido como a agitação ou pirotecnia desportiva.
Lembramos aos pirotécnicos que a agitação desportiva é como urinar nas calças: aquece e sabe bem ao princípio mas, depois, é muito desagradável.
 
De facto são necessárias mudanças: - de pessoas, de mentalidades e de ideias – sob pena de num futuro próximo o serviço público de desporto, entrar em colapso.
sinto-me:
publicado por PenaSport às 16:00
link do post | favorito
3 comentários:
De Flipper a 1 de Agosto de 2006 às 19:12
Gabinete de Desporto?! Onde?

Primeiramente gostaria de felicitar a criação deste espaço que, sem dúvida, constituirá uma mais valia, permitindo aos mais atentos e interessados na área expressar as suas opiniões e sugestões e, quem sabe, com isso mudar algumas mentalidades e abrir novos horizontes. Por isso, os meus parabéns.

Relativamente ao artigo em questão apraz-me dizer que, de facto, constata-se no pelouro do desporto, uma certa indecisão no que ao desenvolvimento desportivo diz respeito. Parece-me que ainda se navega com instrumentos ultrapassados e obsoletos e um pouco ao sabor do vento que, como se sabe, ora sopra de um lado, ora do outro, e cá se vai andando sendo que o mais importante é que o barco não vire.
Verifica-se, é verdade, uma certa indefinição de objectivos, de linhas orientadoras do desenvolvimento desportivo em Penafiel e, como foi dito, esperou-se que com a criação do Gabinete de Desporto e com uma estrutura bem definida de competências e áreas de intervenção as coisas funcionassem melhor, o que não tem acontecido.
Porque será? Pergunto eu! Será que o Gabinete de Desporto, tal como é descrito, existe? Não passará essa definição de uma utopia? Parece-me que sim! Senão, pergunto, onde está ele? Quem lá trabalha? Qual a sua estrutura de funcionamento?
Temos que exigir resultados, é verdade, mas devemos, antes disso, exigir organização. É o mínimo que se pode esperar de pessoas com esta responsabilidade. Só depois de tratadas estas questões de fundo, isto é, só depois de termos a “casa arrumada” é que podemos arregaçar as mangas e partir para o trabalho…sério e consentâneo com uma política desportiva que atende às características do concelho, da sua população e das suas necessidades.
A organização é meio caminho andado para a competência mas, neste momento, assistimos a uma forma de trabalho que nada tem a ver com estas duas palavras, mas sim com uma outra forma, a do “desenrasca e deixa andar”.
Só depois de estar criada uma estrutura orgânica e técnica de suporte, com os respectivos meios humanos, técnicos e materiais é que podemos esperar resultados. Aí sim, podemos augurar um bom futuro para o desporto no concelho! Até lá… vamos andando…ao sabor do vento!
Até já…
De PenaSport a 2 de Agosto de 2006 às 00:14


Caro Flipper

Não resistimos a interromper as férias para responder a este comentário...

Antes de mais, agradecemos as felicitações ao Blog DESPORTO EM PENAFIEL, espaço aberto à expressão e discussão de ideias ... desportivas.

A constatação que faz de “uma certa indecisão no pelouro do desporto quanto ao desenvolvimento desportivo “reflecte na realidade um discurso que repousa sobre uma ilusão que faz lembrar a vara mergulhada na água, que dá a ilusão de quebrada.
Quando diz que “ainda se navega com instrumentos ultrapassados e obsoletos e um pouco ao sabor do vento que, como se sabe, ora sopra de um lado, ora do outro, e cá se vai andando sendo que o mais importante é que o barco não vire” – permita-nos a discordância, ainda que de ordem semântica, mas por uma questão de preferência diremos apenas que se trata de inclinação (é uma outra maneira de dizer a mesma coisa).
Veja que a inclinação é importante, ou melhor, a direcção para onde se inclina(m) o Pelouro do Desporto, o Gabinete(?): - nem para o Norte nem para o Sul, nem para Leste ou para Oeste, antes,depende sempre da direcção dada à aceitação de opiniões baseadas no empirismo ou por seguidismo de experiências alheias!
O desenvolvimento do desporto no nosso concelho assenta, como não é difícil de concluir, na vastidão dos problemas e nas questões que para serem resolvidas exigem uma visão global do desporto e do seu desenvolvimento.
Concordamos em absoluto, quando refere que só depois de criada uma estrutura orgânica e técnica de suporte ...... podemos esperar resultados”, mas como saberá aquilo que é o trabalho paciente, a longo prazo e cujos resultados não são nada espectaculares tende a ser negligenciado.
O que não deixa de surpreender é que pessoas defensoras do autêntico xarope ideológico com que têm brindado a população, em especial os mais jovens, não se proponham a discussões francas e abertas, preferindo antes o despeito ou a cavaqueira inflamada.
São os deuses da antítese, do paradoxo e da ausência!
De nuno a 19 de Agosto de 2006 às 16:17
Serão canais ou canis a realidade do gabinete de desporto da autarquia penafidelense.
Hoje são uns, ontem outros e amanhã quem é quem?Ninguém sabe, quem programa idealiza, ou seja ,todo o sector é comparável a um canil onde todos os animais se amontoam e ninguém "comanda".
"Vamos ver e conversar." Foi a resposta encontrada por diversas ocasiões pelos dirigentes do dito gabinete.
Gostava de no futuro poder encontrar pessoas capazes de ter ideias novas e incentivar todos os que trabalham na realidade pelo desporto em Penafiel (estou na expectativa pela composição deste executivo) e por aqueles aquém alguns dedicam o seu trabalho sem objectivo de "flash" fotográfico, mas sim pelos jovens do nosso concelho.
Outro reparo que faço é que o gabinete responsável pelo nosso desporto mais parece também um plantel de futebol hoje o Manel amanhã o Joaquim à espera de resultados imediatos, e eu pergunto.
Que objectivos a médio prazo para o desporto?
Não há ,digo eu pela vivência nesta terra.
Que pena... Que pena...Penafiel
Um bem haja ao promotor deste blog, visto ser o único meio isento em Penafiel capaz de criticar as políticas desportivas sem ter colocado nas costas uma bandeira, seja ela preta ,vermelha , rosa ou azul...
Bem haja a este blog e esperemos que seja um bom "oftalmologista", passo a metáfora", para que os responsáveis do dito gabinete encontrem canais e pistas para uma boa política desportiva e para transformarem a confusão do canil em organização isenta e coerente.
Faço votos que assim seja , eu vou estar atento, aliás todos aqueles que fazem algo pelo desporto no nosso concelho.
Saudações desportivas!
Viva Penafiel
Obrigado pela oportunidade.

Comentar post

.mais sobre mim

.Sondagem

polls Quem deve ganhar o
ALBARDÂO
Desporto em Penafiel?
Câmara Municipal Penafiel?
Vereador Desporto?
Penafiel Activa?
Clube Desportivo?
Dirigente Desportivo?
Técnicos com "tacho" na CMP/Pnf Activa?
Técnicos de Clube subsidiado pela CMP?
Desporto Escolar?
Jornal Local/Regional?
Empresa Privada?

.Novembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.links

.posts recentes

. Estratégias de desenvolvi...

. Miragem e Ilusão

. Moderação e realismo

. Problemas d(n)o nosso Des...

. Problemas d(n)o nosso Des...

. A Higiene da Moral

. Falar Claro sobre o Despo...

. Falar Claro sobre o Despo...

. 1ª Gala – ALBARDÃO (mérit...

. Sinal dos Tempos

.arquivos

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.pesquisar

 

.tags

. todas as tags

.Visitas

blogs SAPO

.subscrever feeds