Quinta-feira, 27 de Julho de 2006

Gabinete do Desporto? I - Um equívoco (des)necessário

Vemos manterem-se hoje no desporto da nossa cidade, critérios e procedimentos retrógrados e obscurantistas, irracionalidades e aberrações, isto é, situações de ausência de lógica e de atraso e marginalidade em relaçõa a outros domínios.
Quando a Câmara Municipal de Penafiel decidiu criar o Gabinete do Desporto, criaram-se grandes expectativas e ilusões à sua volta. Mas depressa elas ficaram a meio do caminho!
Afinal o gabinete do desporto, parece, foi criado para substituir o trabalho do(s) vereador(es) do pelouro respectivo, protegendo-lhe(s) de certa forma a imagem pública, ocultando algumas das suas responsabilidades e lacunas.
Aquilo que transparece, é a inexistência de uma verdadeira metodologia de trabalho, sendo antes deixado à interpretação pessoal do(s) seu(s) responsável(eis) a gestão de programas e actividades.
Como resultado, aquilo que se tem verificado é que se continua a confundir, de uma forma intelectualmente promíscua, as diversas áreas sectores e etapas do fenómeno desportivo.
As acções desportivas têm sido submetidas a dinâmicas onde tem prevalecido mais o voluntarismo ou a arbitrariedade do que a racionalidade, - fruto lógico de uma boa planificação. Aquilo que se passa impõe-se mais pela lógica dos factos do que pela fundamentação dos argumentos ou pela oportunidade das perspectivas de desenvolvimento.
Sabemos também que a cedência ao mais fácil ao que é cómodo ao que suscita menor reflexão, é um dos traços mais evidentes de um certo anti-intelectualismo que caracteriza certas pessoas e organizações no território desportivo da nossa cidade.
O Gabinete do Desporto não pode ser gerido ao sabor do imprevisto, através de processos de gestão por impulsos e sem ideias concretas!
Aquilo que queremos referir é que determinado tipo de acções e iniciativas, chamadas de desenvolvimento desportivo, prescrutam apenas as circunvalações do umbigo, possibilitando o atravessar do terreiro público sem sobressaltos de maior.
Vive-se um conjunto de lugares-comuns e ideias avulsas, algumas perfeitamente desajustadas do tempo e outras em completa contradição
– é óptimo para exibir, mas de reduzida eficácia e dinâmica organizativas.

Um paradoxo na organização mais vasta a que pertence!

(continua ...)

sinto-me:
publicado por PenaSport às 16:00
link do post | favorito

.mais sobre mim

.Sondagem

polls Quem deve ganhar o
ALBARDÂO
Desporto em Penafiel?
Câmara Municipal Penafiel?
Vereador Desporto?
Penafiel Activa?
Clube Desportivo?
Dirigente Desportivo?
Técnicos com "tacho" na CMP/Pnf Activa?
Técnicos de Clube subsidiado pela CMP?
Desporto Escolar?
Jornal Local/Regional?
Empresa Privada?

.Novembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.links

.posts recentes

. Estratégias de desenvolvi...

. Miragem e Ilusão

. Moderação e realismo

. Problemas d(n)o nosso Des...

. Problemas d(n)o nosso Des...

. A Higiene da Moral

. Falar Claro sobre o Despo...

. Falar Claro sobre o Despo...

. 1ª Gala – ALBARDÃO (mérit...

. Sinal dos Tempos

.arquivos

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.pesquisar

 

.tags

. todas as tags

.Visitas

blogs SAPO

.subscrever feeds