Segunda-feira, 22 de Outubro de 2007

Moderação e realismo

Nestes tempos a anteceder a feira de S. Martinho, a vida desportiva de Penafiel parece deixar-nos alguns motivos para reflexão.
Por um lado o grau de conflitualidade entre alguns dirigentes e técnicos desportivos, por outro,
É o envolvimento da Câmara Municipal de Penafiel num negócio com o grupo Sardinha & Leite a propósito da transferência do estádio municipal 25 de Abril inserido num complexo comercial e habitacional na freguesia de Novelas.
São sobretudo os dinheiros públicos utilizados em nome de interesses hipoteticamente públicos mas que parecem cobrir outros interesses particulares, sejam eles os do comércio, da indústria ou do futebol
Ao lado destes factos, contudo, há outros um pouco mais agradáveis.
A inauguração do Polidesportivo descoberto da Vila Gualdina, as próximas inaugurações dos 4 pavilhões desportivos em outras tantas freguesias, a realização das IV Regatas “Sentir Penafiel” , em Entre-os Rios.
A realidade desportiva em Penafiel aí está a demonstrar que a sua dimensão não se circunscreve às vicissitudes do espectáculo do futebol justificando por isso um comentário bastante ao jeito do período festivo que iremos viver.
Um comentário distanciado.
Reconhecemos naturalmente que estão a ocorrer em Penafiel algumas alterações que se assemelham ao efeito de “ideologia-expo” que sendo importantes, diremos mesmo estimulantes, requerem também a coragem política de reconhecer que o concelho tem no plano desportivo, necessidades básicas por satisfazer.
As prioridades de investimento público têm de ser orientadas na direcção dessas necessidades, sob pena de vivermos uma situação idêntica à de uma casa que tendo uma boa sala de visitas onde se realizam excelentes festas, é contígua a outros compartimentos onde continuam a faltar condições de habitabilidade adequadas.
Mas, por maior esforço que coloquemos, temos grandes dificuldades em encontrar mudanças significativas e seguramente não se pode afirmar que Penafiel dispõe de uma política desportiva sustentada por uma ideia do que queremos ser como concelho.
Em boa verdade, não tem havido até ao momento factos ou orientações ousadas, que tenham do desporto uma visão progressista, moderna, que responda aos desafios que os penafidelenses e o desenvolvimento do desporto colocam.
Assiste-se, isso sim, a uma espécie de actividade lúdica mediática onde a importância do que se faz, vale não pelo valor que em si mesma encerra, mas sobretudo pelo espaço que ocupa na comunicação social.
O resultado é uma estranha sensação de mal-estar. De um caminho que se percorre mas não se sabe muito bem onde conduz.
 
Provavelmente porque ainda não se passou da navegação à vista para a navegação por instrumentos. Será que existe a capacidade de o fazer?
Tem a palavra o homem do leme.
sinto-me:
publicado por PenaSport às 00:00
link do post | favorito
Segunda-feira, 8 de Outubro de 2007

Problemas d(n)o nosso Desporto – II

O trabalho de formação desportiva não é apenas uma tarefa centrada no domínio das aprendizagens das técnicas das modalidades. Mais do que esse domínio técnico, é indispensável dispor de conhecimentos e bases sólidas para a construção de uma carreira desportiva.
Por isso, a formação desportiva dos jovens praticantes deixou de ser apenas um processo de assegurar a qualidade desportiva dos clubes, para ser também um meio de optimizar os recurso humanos, justificando por essa razão, um olhar mais atento e mais cuidado.
O quadro que oferecem as competições de jovens onde já surgem os truques, os gestos de enfado e a indisciplina dos atletas consagrados, são aspectos visíveis da falta de gosto pela preparação e do horror pelo sacrifício.
Mas se sairmos dos praticantes de desporto para a grande massa dos que não fazem desporto, o panorama é ainda pior.
Qualquer jovem, daqueles que passeiam as olheiras e a corcova pelos cafés e pelos bilhares, se for convidado a fazer um jogo por determinado grupo, aceita com entusiasmo, mas ao ser abordado para se inscrever num clube para treinar a sério 3 ou 4 vezes por semana e jogar quando for preciso, diz que não tem tempo!
E é vê-los a ir para o café com o cigarro entre os dentes a dizer que isto é uma mixórdia e que não se proporciona aos jovens mais prática desportiva, mais instalações desportivas, mais qualquer coisa ....
Será falta de oportunidade? É, mas só em parte. 
Mais importante é o facto da maioria saber que não tem habilidade suficiente para se afirmar e atingir o único fim que os interessa no desporto:  - a ovação frenética das claques, a paródia das deslocações ou a comodidade de um emprego fácil !
Não lhes interessa a prática do Desporto como escola do carácter, como busca de sensações que conferem a cultura física.
Preferem ler as proezas, discutir os resultados e criticar a orientações como aqueles que, incapazes de satisfazerem as suas necessidades mergulham na descrição dos gozos alheios para assim esquecerem as suas próprias deficiências.
Surgem assim fenómenos como as discussões sobre o(s) ordenado(s) do(s) Cristiano(s) Ronaldo(s), que ganha(m) milhões de euros por ano, ou por mês, ou por dia.
Extremam-se posições, chegam mesmo a “vias de facto” quando discordam dos milhares de euros, ou de libras que ele(s) ganham!
É o triste espectáculo que o Desporto em Penafiel nos oferece naquilo que tem de mais precioso: - Os nossos  jovens!
Nada serviria melhor a causa do desporto que se faz em Penafiel do que a denúncia dos seus males estruturais, ensinando aos jovens o respeito pela disciplina e o gosto pela preparação física, séria e trabalhosa.
Se entre nós, os técnicos de desporto fizessem uma exame rigoroso à maneira como preparam os atletas e em vez de falarem de campeões chamassem as coisas pelo seu nome...
E se a este esforço se juntasse a atenção dos responsáveis políticos, dando carácter duradouro e sustentável ao desenvolvimento do desporto no nosso concelho, talvez o panorama melhorasse lentamente.
Então talvez se pudesse fazer compreender e admirar por todos os jovens penafidelenses a grandeza daqueles que criaram qualquer coisa de tangível.
Então poderiam os jovens penafidelenses aprender onde está a força que fez alguns campeões do
Desporto em Penafiel
sinto-me:
publicado por PenaSport às 00:00
link do post | favorito

.mais sobre mim

.Novembro 2007

Dom
Seg
Ter
Qua
Qui
Sex
Sab
1
2
3
4
5
6
7
8
9
10
11
12
13
15
16
17
18
19
20
21
22
23
24
25
26
27
28
29
30

.links

.posts recentes

. Estratégias de desenvolvi...

. Miragem e Ilusão

. Moderação e realismo

. Problemas d(n)o nosso Des...

. Problemas d(n)o nosso Des...

. A Higiene da Moral

. Falar Claro sobre o Despo...

. Falar Claro sobre o Despo...

. 1ª Gala – ALBARDÃO (mérit...

. Sinal dos Tempos

.arquivos

. Novembro 2007

. Outubro 2007

. Setembro 2007

. Agosto 2007

. Julho 2007

. Junho 2007

. Maio 2007

. Abril 2007

. Março 2007

. Fevereiro 2007

. Janeiro 2007

. Dezembro 2006

. Novembro 2006

. Outubro 2006

. Setembro 2006

. Agosto 2006

. Julho 2006

.pesquisar

 

.tags

. todas as tags

blogs SAPO

.subscrever feeds